Espaço para eventos sustentavel


O empresário paulistano Eric Thomas criou a primeira casa de eventos sustentável de São Paulo. O espaço foi todo construído com materiais reaproveitados. A casa ainda adota práticas eficientes em quase todos os processos de funcionamento.

Chamado de Eco House, o espaço faz coleta seletiva, capta água da chuva para limpeza de pisos, utiliza lâmpadas eficientes, fabrica bancos reciclados e possui plantas e materiais feitos com fibras de coco em toda a fachada.

Atualmente o local é uma mistura de casa de eventos, restaurante e buffet infantil. A cozinha do restaurante é abastecida com verduras, frutas e temperos plantados no próprio espaço.

Antes de se tornar a Eco House, o espaço era uma oficina mecânica, que foi derrubada para dar lugar à nova construção. Ao invés de descartar o entulho da obra, o empresário preferiu reaproveitá-lo. O sistema termoacústico, por exemplo, foi feito de restos de saco de cimento, plástico, isopor da laje e peças de isolamento do ar-condicionado prensadas.

Até o ferro velho foi aproveitado na construção de um balcão. As portas do banheiro foram reaproveitadas de um carro, mais especificamente uma Kombi. O resultado disso tudo é que, além de sustentável, a casa também é decorada com peças inusitadas.

A Eco House tem um reservatório de 50 mil litros de água de chuva em seu subsolo, o que contribui muito para a redução de custos e gastos deste recurso cada vez mais escasso. A energia também é economizada, a iluminação da pista vem dos próprios dançarinos que produzem energia cinética, convertida em eletricidade por um gerador.

O espaço das crianças também é sustentável. A decoração é feita com peças recicladas, por exemplo, as cadeiras feitas de pneu. O ambiente possui uma entrada de luz facilitando as festas infantis, que geralmente são feitas durante a tarde. Para fazer a pipoca elas devem correr em cima de um tambor que aciona um dínamo e gera energia para estourá-las. Uma maneira de transmitir consciência ecológica por intermédio da brincadeira.

Após passar por 14 critérios de desempenho sustentável, a Eco House foi aprovada na fase “Programa da Operação e Uso” da Fundação Vanzolini. Se a qualidade ambiental for mantida durante um ano a empresa ganhará o certificado Aqua.

O investimento de Eric Thomas foi de R$ 1 milhão e a previsão de retorno do investimento é de três anos. Atualmente, a casa recebe 500 pessoas por mês.

Fonte: Ciclo Vivo. – promoview

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s